Voltar para a capa

Polícia

Menor pula de carro em movimento e escapa, mas 4 pessoas são achadas mortas

Por
Meia Hora
|
- Atualizada às

Aos PMs, ela teria dito que estava em casa, na comunidade do Rola, em Santa Cruz, onde foi sequestrada por bandidos do Comando Vermelho (CV)

Rio - Uma adolescente de 15 anos pode ser a peça-chave da Polícia Civil para desvendar uma chacina em Santa Cruz, na Zona Oeste. Na manhã de ontem, os corpos de quatro pessoas, sendo três mulheres e um homem, foram encontrados dentro de um carro, um Fiat Palio, na Avenida Cesário de Mello. A menor conseguiu escapar ao pular do veículo, em movimento, e está internada no Hospital Municipal Pedro II. Ela passa bem.

WhatsApp O DIA (98762-8248)
O motorista do Palio azul abandonou o veículo ao perceber que seria parado numa blitz

Segundo informações do 27º BPM, uma guarnição foi até o hospital após receber informações de uma jovem baleada numa mão e no rosto. No hospital, foi constatado que a menor era a única sobrevivente da chacina. Aos PMs, ela teria dito que estava em casa, na comunidade do Rola, em Santa Cruz, onde foi sequestrada por bandidos do Comando Vermelho (CV). Eles alegaram que a adolescente frequentava bailes funks organizados por milicianos.

De acordo com a PM, a menor ainda identificou, pelos apelidos, os traficantes que participaram da ação. Seriam eles: Dentinho, Natan Maluco e Sem Janta. Além dela, outras duas mulheres, uma senhora e um adolescente também foram sequestrados e levados no veículo. A menor contou que pulou do carro perto da estação do BRT Cesarão III e foi socorrida por uma pessoa que passava em um Gol branco. Uma das vítimas foi identificada como Juliana Carvalho, de 23 anos.

DH foca em traficantes

A Delegacia de Homicídios da Capital (DH), que apura o crime, já fez uma perícia no carro usado pelos assassinos. De acordo com o delegado-titular, Fábio Cardoso, o veículo consta como furtado em dezembro do ano passado, na área de Mesquita, na Baixada Fluminense. “A principal linha de investigação é que os quatro homicídios tenham sido cometidos por traficantes de uma comunidade próximo ao local (Favela do Rola). Mas não estamos descartando nenhuma hipótese”, disse Cardoso.

Tags: Polícia

Primeira Página

Mais lidas