Voltar para a capa

Se Liga

Maiara e Maraísa apresentam a 'Festa das Patroas'

Por
Isabelle Rosa
|

'As operárias viraram patroas', diverte-se Marília Mendonça

Rio - Consideradas ‘As Patroas’ do sertanejo, a dupla Maiara e Maraisa e a cantora Marília Mendonça conquistaram o Brasil. Prova disso é que elas reúnem bilhões de visualizações no Youtube, milhões de seguidores nas redes sociais e um repertório que está na boca do povo. Nesta quinta-feira, elas fazem apresentam a ‘Festa das Patroas’, no Jeunesse Arena (antigo Rio Arena), na Barra da Tijuca. 

Divulgação
Marília Mendonça e Maiara e Maraísa

“A Festa das Patroas é uma ideia nossa desde cedo. Sempre fomos muito amigas. A gente era de escritórios diferentes, então não podíamos nos apresentar juntas. Mas a gente sempre fazia coisas juntas. Brincávamos que o que fazíamos era coisa de operária. Trabalhávamos, escrevíamos as músicas, mas ninguém via nossa cara (risos). Agora somos do mesmo escritório e já sabiam da nossa parceria e o projeto da gente fazer show juntas deu certo. As operárias viraram patroas (risos). Essa é uma festa pras mulheres se divertirem, se identificarem com as letras... Tá dando certo”, comenta Marília.

Se apresentar no Rio de Janeiro tem um gostinho especial para elas. “O Rio de janeiro é o sonho de qualquer cantor, adoramos a cidade e o público tem nos abraçado muito bem, amamos a energia carioca e temos certeza de que na Jeunesse Arena não será diferente. Estamos muito ansiosas”, diz Maiara.

Marília Mendonça concorda com a amiga: “A felicidade maior hoje é saber que o Rio tá abrindo as portas pra gente, os ingressos já estão quase esgotados para o show. A felicidade é muito grande. Tenho um amor enorme por essa cidade. Toda vez que vou a cidade mesmo na correria para trabalhar, fico olhando a paisagem e vendo o quanto o Rio é lindo pela janelinha do táxi, da van. Não tem como não se apaixonar pelo Rio de Janeiro”.

Com 2 milhões de inscritos no Youtube e mais de 1 bilhão de visualizações nos clipes e em média 26 shows por mês, Maiara e Maraísa só tem motivos para comemorar. “Nosso primeiro hit foi 10%”, lembra Maiara. A sofrência atingiu em cheio a mulherada que ia para o bar beber para afogar as mágoas.

Maraísa, inclusive, revela que já tomou muito prejuízo nos 10% do garçom. “Ixi, quem nunca né? Você senta numa mesa e vai pedindo, ainda mais se tiver sofrendo de amor, aí você perde até as calças”, diverte-se a cantora, que fez a música Medo Bobo para um ex namorado, que agradou muito o público e toca por onde quer que você passe.

O sucesso chegou de forma rápida e de uma forma diferente do que imaginavam. “Deste jeito não imaginávamos, a gente sempre sonhou, mas as coisas eram muito difíceis, a gente queria fazer sucessos, mas não tinha noção de como seria forte e positiva a aceitação”, diz Maiara, que confessa que a ficha de que está famosa já caiu. “Não tem como não cair, as pessoas estão sendo especiais demais, a nossa vida mudou! Estamos vivendo um sonho e sabemos que temos de valorizar cada momento”.

Marília Mendonça também coleciona números. São mais de 3 milhões de inscritos no Youtube e mais de um bilhão e meio de visualizações nos seus vídeos e em média 20 shows por mês. “Nunca imaginei que meu trabalho fosse ter um alcance tão grande. É muito gratificante. Tem galera da América do Sul que me procura pra dizer que gosta das minhas músicas. É muito emocionante”, afirma a cantora.

A fama ainda é uma novidade para Marília. “Todo dia é uma surpresa diferente, em todas as cidades que vou recebo muito carinho de todas as pessoas. Eu não deixei de fazer nada por conta da fama. Gosto demais de shopping, mas as vezes me arrependo de ter ido porque cauda um reboliço muito grande, reúne aquela galera (risos). Mas é gostoso demais. Esses dias tava na 25 de março. Ainda gosto de uma feirinha”, diverte-se.

AMIZADE E PARCERIA: ‘JÁ SOU A TERCEIRA GÊMEA’

A amizade entre Maiara e Maraisa e Marília Mendonça é de longa data. “Marília é uma amiga nossa muito querida, parceira de composições, nos conhecemos em um spa, e de lá ficamos amigas”, conta Maiara. “Fui atrás delas spa mesmo. Nós éramos compositoras, mas nada tinha saído da cidade ainda. Aí o Henrique e Juliano me disseram delas e fui conhecê-las. É coisa de sintonia. Desde que vi elas rolou empatia. Já sou a terceira gêmea”, brinca Marília.

E irmãs brigam. Maiara e Maraisa, por exemplo, passam quase 24 horas por dia juntas. “Nos amamos demais, a gente não briga, de verdade, somos amiga”, destaca Maiara.

‘NASCI POBRE, RALEI E CONQUISTEI’

Marília Mendonça é considerada a sertaneja mais desbocada, aquela fala o que pensa mesmo. “Sou assim mesmo (risos). Já me arrependi por coisas que falei, claro. Na verdade, acho que me arrependo por minuto. Sou sem filtro quando vi já disse”, diverte-se Marília, que batalhou muito para chegar onde está. “Comecei a trabalhar muito nova, tenho 21 anos, nada me foi dado. Cuido da minha família. Depois, vem o lado físico, não sou perfeita e não tenho vergonha disso. Sou uma mulher independente, que trabalha, sai pra beber, tem amigos. Não me faço de vítima, nasci pobre, gorda, ralei e conquistei”. 

Primeira Página

Mais lidas