Voltar para a capa

Se Liga

'Um herói de verdade', diz Renato Góes sobre personagem em 'Os Dias Eram Assim'

Por
Rodrigo Mandarini
|

Série vai contar história de amor e desencontros de Alice e Renato, que se conhecem na festa pelo Tri da seleção brasileira

Divulgação
Renato Góes

Rio -O primeiro protagonista marca a carreira de qualquer ator. E quando o personagem surge depois de muita batalha, o gosto costuma ficar ainda melhor. É assim que Renato Góes está encarando o seu papel em Os dias Eram Assim, que estreia amanhã, na Rede Globo, às 23h. Na série, que se passa entre os anos 1970 e 1980, em plena ditadura militar no Brasil, ele vive o médico idealista Renato.

“O Renato é especial pra mim. Não apenas por ser o meu primeiro protagonista e ter meu nome, mas ele é um personagem idealista, de ótimo coração, um herói de verdade”, diz Góes, que já sentiu o gostinho de fazer um protagonista, mas só nos primeiros capítulos de Velho Chico, quando interpretou Santo, personagem que depois foi de Domingos Montagner — o ator morreu afogado em Sergipe, quando gravava as últimas cenas da novela.

O ator pernambucano fez seu primeiro trabalho na emissora em 2006, na novela Pé na Jaca. Depois, atuou em produções da Band, TV Brasil e Record, até voltar à Globo em 2013. E em Velho Chico, em 2016, foi alçado ao posto de galã. Aos 30 anos, Góes valoriza a experiência acumulada em todos esses trabalhos: “Eu estou muito focado na responsabilidade que é fazer este personagem. Mas já estou há 11 anos construindo dia após dia essa história. Vivo longe da família, dos amigos. Então, não é uma grande mudança para mim.”

Os dias eram assim 

A série Os Dias Eram Assim começa em 21 de junho de 1970, durante a final da Copa do Mundo, no ápice da ditadura militar, e vai se estender até meados da década seguinte, no período das Diretas Já, que pedia a volta da democracia. No meio desse turbilhão, nasce o amor no estilo Romeu e Julieta de Renato (Renato Góes) e Alice (Sophie Charlotte).

Divulgação
Alice (Sophie Charlotte) e Renato (Renato Góes)em 'Os Dias Eram Assim'

Os dois se conhecem durante a comemoração pelo Tri da Seleção Brasileira na Copa. Ela, filha de um empresário opressor e noiva do advogado mau-caráter Vitor (Daniel de Oliveira), por quem não é apaixonada. Ele, um médico residente, humanista, que vai ser perseguido pelo regime militar no lugar do irmão, Gustavo (Gabriel Leone), e se exilar no Chile. Anos depois, Renato e Alice se reencontram e tentam viver essa história de amor interrompida.

“Alice vai se ver dentro de um turbilhão de acontecimentos e questionamentos. Quando ela e Renato se reencontrarem, vão querer saber o que eles fizeram e o que fizeram deles”, explica Sophie.

O reencontro acontece em 1979, quando Renato já estará casado com Rimena (Maria Casadevall), mas sem nunca ter esquecido Alice. “A relação com a Rimena é completamente diferente. O amor e a paixão dele pela Alice não acabam. Mas ele terá uma nova história de amor”, conta Góes.

Exibida às 23h, Os Dias Eram Assim terá muitas cenas quentes. Para Renato Góes, nada que torne a série apelativa ou que o deixe com vergonha de aparecer pelado na TV. “A nudez nunca foi um tabu para mim, quando é tratada de forma bonita, no contexto. Eu sempre dei sorte que quando fiz esse tipo de cena, foram muito delicadas, cuidadosas. A nudez não vai ser a principal atração da série. As pessoas vão assistir pela história linda de um amor proibido”, garante o galã.

Atores cantam na abertura

Sophie Charlotte, Renato Góes, Gabriel Leone, Daniel de Oliveira e Maria Casadevall gravaram o tema de abertura da série, Aos Nossos Filhos, de Ivan Lins.

Irmãos fora da televisão

Irmãos em Os Dias Eram Assim, Renato Góes e Gabriel Leone são muito amigos fora de cena, desde a preparação para a novela Velho Chico. “ Está sendo muito fácil fazermos irmãos. Nós temos essa relação, gostamos e temos muito orgulho um do outro”, conta Góes.

Bom de conquista

Apesar do jeito discreto e tímido, Renato Góes tem uma lista de conquistas amorosas que merece respeito. O bonitão namorou por seis meses Tatá Werneck, depois a atriz e modelo Camilla Belle e teve um affair com a também atriz Carol Castro.

Luta contra os militares

Gustavo (Gabriel Leone) estuda Filosofia e participa de grupos contra a ditadura. Ele ataca a empresa da família de Alice e provoca a fúria de Arnaldo, que vai pedir aos militares que o prendam. É irmão de Renato e Maria, personagem de Carla Salle, namorada de Gabriel na vida real.

Primeira Página

Mais lidas