Mais Lidas

Pedro Bial conta que primeira bebedeira foi com Cazuza na casa de Vinicius de Moraes

Aos 11 anos, eles visitaram o poeta para um trabalho do colégio

Pedro Bial
Pedro Bial -
Pedro Bial contou alguns detalhes sobre sua vida no programa "Amigos, Sons e Palavras", de Gilberto Gil, no Canal Brasil. O apresentador relembrou que seu primeiro porre foi aos 11 anos, na presença de Cazuza, em uma entrevista na casa de Vinicius de Moares. 
"Tinha um dever do Santo Inácio era para entrevistar alguém importante. Não existia o termo celebridade na época, nem se falava famoso. Era alguém importante. O João Araújo, pai do Cazuza, conseguiu que o Vinicius de Moraes nos recebesse. A gente chegou às 10 da manhã e ele já estava bebendo seu uísque na banheira. Nós ficamos até 10 da noite com o Vinicius", contou. 
Cazuza e Bial se conheceram quando tinham apenas quatro anos. O jornalista disse que Vinicius deu uísque para os dois. "A gente tinha 11 anos e voltamos bêbados pra casa. Melhor começo impossível. Depois, quando adulto, a gente ficou sabendo que ele não tinha muita paciência pra criança, mas a gente conhecia a obra dele e falava de poemas. Quando ele olhou dois meninos de 11 anos que conheciam alguns poemas, aí foi um barato", relembrou. 
O apresentador também falou sobre o vício de seu pai em apostas, Pedro Hans Bial. "Meu pai se virava pra manter a família, mas ele tinha um problema de vício nos cavalinhos, no jóquei, e perdia o dinheiro todo da família nisso", explicou e continuou: "As duas coisas boas dele largar o vício, foi que a energia obsessiva e compulsiva dele se dirigiu para o Fluminense. Ele virou torcedor do Fluminense e assim toda a família. Fui abençoado com essa graça de ser Fluminense".