Mais Lidas

Pabllo Vittar é lembrada pela revista 'Time' na lista dos '10 'líderes da próxima geração'

Publicação refere-se à cantora como 'drag queen brasileira que está fazendo uma tempestade no mundo pop'

Pabllo Vittar na revista 'Time'
Pabllo Vittar na revista 'Time' -
Rio - Pabllo Vittar foi apontada pela revista "Time" como uma das 10 pessoas que serão "líderes da próxima geração". A matéria convida os leitores a conhecerem Pabllo e se refere à cantora como a "drag queen brasileira que está fazendo uma tempestade no mundo pop". O texto diz ainda que Pabllo está fazendo a diferença "lutando pelos direitos LGBTQ pelo caminho".

Galeria de Fotos

Pabllo Vittar na revista 'Time' Reprodução Internet
Pabllo Vittar no Rock In Rio Wallace Barbosa/AgNews
Pabllo Vittar Reprodução de internet
Pabllo Vittar Ag. News
Pabllo Vittar Reprodução
Pabllo Vittar Reprodução
Pabllo Vittar no primeiro episódio de Autênticas Divulgação/GNT
Pabllo Vittar em Autênticas, do GNT Divulgação/Pedro Loreto
Pabllo Vittar ErnnaCost / Reprodução Instagram
Pabllo Vittar Ag. News
Pabllo Vittar Reprodução Instagram
Pabllo Vittar beija muito durante o festival Coachella, na Califórnia, Estados Unidos Reprodução Instagram / @garotxdoblog
Pabllo Vittar Reprodução
"Não é só a arte do drag, ser artista LGBTQ, a gente tem uma causa social muito grande e importante por trás, pra mostrar pra essas novas gerações que elas podem, sim, ter voz ativa e fazerem o que elas quiserem", disse Pabllo à publicação. 
A cantora também falou sobre política. "Às vezes, sinto muita vergonha de ser brasileira por causa desse presidente. As pessoas estão morrendo. As pessoas estão tendo suas casas e direitos retirados", disse. "No Brasil, ser artista LGBTQ é matar um leão a cada dia. Todo dia você tem que se provar que pode e mostrar pras outras pessoas isso", completou.
Quando à carreira, Pabllo quer alçar voos cada vez maiores. "Quero continuar indo em lugares que ainda não fui, que precisam dessa mensagem, desse brilho, desse conforto. Continuar fazendo minha música, levando essa mensagem e, quem sabe, até ganhar um Grammy".