Mais Lidas

Flávia Alessandra afirma que toda pessoa tem uma fantasia

Brilhando como a fogosa Rita de Cássia em 'O Sétimo Guardião', a atriz conta que já realizou muitas das suas com o marido

Flávia Alessandra
Flávia Alessandra -

Rio - Será que existe certo e errado quando se trata de fantasia sexual entre quatro paredes? Para a atriz Flávia Alessandra, que está no ar como a fogosa Rita de Cássia na novela "O Sétimo Guardião", da Globo, tudo é possível, desde que haja consentimento.

"Toda pessoa tem, no fundo, uma fantasia dentro de si. Desde a mais comum até aquelas superexóticas. Acho saudável para o casal e para a relação. Tudo é permitido, contanto que todos concordem e não fira ninguém", afirma a estrela, de 44 anos, cuja personagem, na trama de Aguinaldo Silva, aceita o fato de o marido, o delegado Machado (Milhem Cortaz), sentir desejo em usar calcinhas.

Casada há 16 anos com o apresentador Otaviano Costa, Flávia conta que já realizou muitas das suas fantasias com o marido, mas que não gostaria de vê-lo vestido com lingeries. "Eu não sei como seria minha reação. Nós somos um casal muito desconstruído, a gente lida bem com fantasias, mas ele que não se atreva. O Otaviano não pode brincar com isso por enquanto", diz ela, aos risos.

Na novela, Rita de Cássia mostrou que também tem suas fantasias, apesar da reprovação do marido na trama. "O fetiche dela é ser filmada nua e isso vai dar uma estremecida no casal. O Machado é machista e não quer ver a esposa exposta dessa forma, mesmo que seja só para os dois", adianta a atriz, acrescentando que os conflitos da personagem estão dando o que falar. "O retorno do público tem sido ótimo, estou muito feliz que as pessoas estão se divertindo e se identificando com essa questão. Provoca reflexão sobre o machismo, o sonho de carreira e os fetiches femininos", ressalta.

'Só queria ser atriz'

'Só queria ser atriz' - Estevam Avellar / TV Globo

Assim como sua personagem em O Sétimo Guardião, Flávia Alessandra sempre sonhou ser atriz. A diferença entre as duas é que Rita de Cássia deseja ser uma estrela do cinema internacional. "Ela é uma mulher para frente e uma grande sonhadora. Quer ser reconhecida no mundo inteiro. Eu só queria ser uma atriz e viver da minha profissão", diz Flávia, que comemora sua volta à comédia. "É algo que eu não fazia há muito tempo e sempre tive vontade de retornar. Estou amando".

'Não me vejo assim'

É na cidade de Serro Azul que Rita esbanja sensualidade e mexe com a imaginação dos homens. "É um acontecimento. Não que ela provoque isso. É algo inerente a ela", afirma Flávia, que, ao 44 anos, tem sua beleza elogiada nas redes sociais e brinca com o rótulo de símbolo sexual. "Sensualidade é algo natural, que não uso no meu dia a dia. Achei divertido quando começou essa onda de musa, porque não me vejo assim".

Sem crise de idade

Flávia Alessandra sem crise de idade - Reprodução / Instagram

Flávia lida bem com a passagem do tempo e acredita estar em um momento especial. "Não busco essa juventude eterna. Tenho uma relação saudável com o tempo e tento equilibrar a alma, a cabeça e o corpo. Essa é a minha meta", afirma ela, que se exercita para manter a forma. "Tenho um perfil de quem busca atividade física para viver melhor. Faço dança, musculação, boxe, trilha. É um mix que funciona", conta a atriz, que, no Instagram, estimula suas seguidoras a terem uma vida saudável. "Passei a compartilhar quando vi que fazia diferença no dia das pessoas".

'Estamos felizes'

Mãe de Giulia Costa, de 18 anos, fruto do relacionamento que Flávia teve com o diretor Marcos Paulo, e Olívia Costa, de 8 anos, sua filha com Otaviano Costa, a estrela se orgulha da família que construiu e apoia a mais velha na carreira de atriz. "Tenho muito orgulho da Giulia, mas isso é independente da profissão que ela venha a escolher. Quero mais é que ela crie asas e voe e lute por seus sonhos. Sempre estarei aqui, mas ela é muito independente", conta Flávia, que não pensa em aumentar a família. "Estamos felizes com as meninas, lutando para ajudá-las com seus sonhos e batalhando pelos nossos".

'Somos um casal bem leve'

'Somos um casal bem leve' - Reprodução / Instagram

O carisma de Flávia Alessandra e Otaviano Costa fez deles um dos casais mais queridos da TV. "Quando estamos juntos, as pessoas se aproximam com muita intimidade. As pessoas falam como se fossem nossas amigas. Isso é muito fofo", conta ela, que diz que os dois se divertem bastante. "É uma realidade isso que passamos, somos um casal bem leve."

30 anos de carreira

Flávia estreou na TV em 1989, na novela Top Model, da Globo. De lá para cá, a atriz participou de grandes produções da emissora e ainda tem mais sonhos para realizar. "Muita coisa mudou, mas, para mim, é como se estivesse começando agora. A tensão e o nervosismo são sempre os mesmos. Às vezes, é até maior, porque as pessoas têm mais expectativas sobre você. Agora, tenho vontade de fazer uma vilã no horário das 21h".

'Estou com energia acumulada'

Aos 44 anos, Flávia Alessandra exibe boa forma em praia francesa - Reprodução / Instagram

Antes da novela O Sétimo Guardião, Flávia ficou dois anos afastada do trabalho para organizar sua vida pessoal. "Estou com toda a energia acumulada. As pessoas me cobravam essa volta, mas foi muito bom porque consegui fazer coisas paralelas. Foi um ano que eu consegui fazer cinema e me dedicar às causas sociais que eu abraço e organizar outras coisas. Tem um outro lado da vida que continua, que é muito bom também", conta.

Flávia Alessandra André Ligeiro e Jean Cabral / Divulgação
Flávia Alessandra sem crise de idade Reprodução / Instagram
30 anos de carreira Estevam Avellar / TV Globo
Aos 44 anos, Flávia Alessandra exibe boa forma em praia francesa Reprodução / Instagram
'Somos um casal bem leve' Reprodução / Instagram