Mais Lidas

MÃO ÚNICA PARA FORA

Campeão Carioca e vice da Copa do Brasil em 2004 pelo Fla, Abel comandou o Flu em 2017 e 2018
Campeão Carioca e vice da Copa do Brasil em 2004 pelo Fla, Abel comandou o Flu em 2017 e 2018 -

Papai Noel chegando com aquela roupa de frio, suando em bicas, fogos do Réveillon já nas balsas, a garotada pelas ruas comemorando as férias, a cidade vivendo freneticamente a chegada do verão, praias lotadas, sol, suor e cerveja. Calmaria só nos departamentos de futebol dos clubes. O Flamengo está quieto pela transição e pela base, que permite o conforto de pensar bem antes de realizar contratações. Abel Braga (foto) pode saborear as rabanadas com calma antes de pegar no pesado. Nos demais, a situação é preocupante. O Botafogo perdeu peças importantes, de difícil reposição. Martín Silva e outros deixaram o Vasco, que se divide entre pagar salários atrasados e tentar montar o grupo. A pior situação é a do Fluminense. Contratou o técnico Fernando Diniz, que não sabe com quem vai trabalhar. Se quisesse fazer um coletivo hoje não conseguiria juntar 22 jogadores. No Tricolor parece que estabeleceram um regime de mão única, sentido rua.