Mais Lidas

O RETORNO

Muralha reapareceu, após um período no Japão, disposto a dar a volta por cima. Acho possível, desde que saiba escolher quando e onde. Atacantes perdem gols, pênaltis e a vida continua, goleiros não. Por ser o responsável pelo chamado último reduto, precisa estar permanentemente atento e em boa forma. No Flamengo, Muralha passou por uma crise, possivelmente por desvio de atenção: estava em campo com a cabeça em outro lugar.