Mais Lidas

Botafogo paga um mês de salário que estava atrasado para os funcionários

Glorioso vive momento de indefinição financeira

Presidente do Botafogo, Mufarrej
Presidente do Botafogo, Mufarrej -
Os funcionários do Botafogo terão um fim de semana mais feliz. Após confirmar o pagamento de uma parcela do ato trabalhista, a diretoria quitou, nesta sexta-feira, o débito referente ao mês de junho com os trabalhadores, aliviando a situação.

O Botafogo devia dois meses de salários aos funcionários. Em General Severiano, alguns deles até pensaram na possibilidade de realizar uma greve. A situação de muitos era complicada, tendo que procurar fontes de renda por meio do trabalho informal e convivendo com atrasos nas contas de casa.

A diretoria havia sinalizado que pagaria um mês nesta semana. Na última quarta-feira, dois dirigentes tiveram uma reunião com funcionários do estádio Nilton santos. Sem prometer prazos, como de praxe, os representantes do Alvinegro afirmaram que buscariam quitar pelo menos uma folha salarial ao fim da semana. A "promessa" foi cumprida.

Agora, tanto funcionários quanto jogadores, que já haviam recebido as CLTs referentes a junho, estão com um mês de atraso. A folha de junho venceu nesta semana, e o clube, internamente, corre para colocar as contas em dia.