Mais Lidas

Torcedores fazem 'vaquinha' para ajudar funcionários do Botafogo com salários atrasados

Objetivo inicial é de arrecadar R$ 5 mil e, a partir disto, com a compra de cestas básicas

Presidente do Botafogo Mufarrej
Presidente do Botafogo Mufarrej -
Rio - A torcida do Botafogo se mobiliza para arrecadar fundos e ajudar a situação financeira dos funcionários do clube. Como o Alvinegro está prestes a ficar com dois meses de salários atrasados e não há previsão de pagamento, alguns torcedores idealizaram, nesta quarta-feira, uma forma de financiamento coletivo pela internet. Em poucas horas com a "vaquinha" no ar, mais de R$ 2 mil foram arrecadados.

A iniciativa partiu de páginas de influenciadores digitais do Botafogo no Twitter. Alguns trabalhadores não se apresentaram ao serviço na última segunda-feira por não terem dinheiro para passagens. A vaquinha está focada em arrecadar um objetivo inicial de R$ 5 mil e, a partir disto, com a compra de cestas básicas para serem distribuídas em General Severiano e no Estádio Nilton Santos.
O financiamento coletivo está disponível na internet e qualquer tipo de valor pode ser doado, tanto por cartão de crédito quanto por boleto bancário. As pessoas interessadas em contribuir com a vaquinha podem fazê-lo.

O objetivo inicial da vaquinha é de R$ 5 mil mas, por conta da forte mobilização da torcida em poucas horas de campanha, é provável que este valor aumente e, por consequência, o número de cestas básicas doadas também seja maior.

Além da vaquinha, alguns jogadores do elenco profissional também buscam ajudar a situação dos funcionários. O zagueiro Marcelo Benevenuto comprou 20 cestas básicas, que serão doadas para as pessoas que trabalham no Estádio Nilton Santos.