Mais Lidas

Nenê tem chance de se destacar na criação do Fluminense

Meia de 38 anos é o provável substituto do companheiro, que se recupera de uma lesão na coxa

Rio de Janeiro - 16/10/2019 - Nene do Fluminense durante partida contra a equipe do Athletico PR no estadio do Maracana valido pelo Campeonato Brasileiro 2019. Foto: Luciano Belford/agencia O Dia
Rio de Janeiro - 16/10/2019 - Nene do Fluminense durante partida contra a equipe do Athletico PR no estadio do Maracana valido pelo Campeonato Brasileiro 2019. Foto: Luciano Belford/agencia O Dia -
A lesão de Paulo Henrique Ganso, na última quinta-feira, na partida contra o Palmeiras, vai deixar o jogador fora do jogo do Fluminense contra o Avaí, no próximo domingo, na Ressacada, às 16h, pela 36ª rodada do Brasileirão. O mais cotado para assumir a vaga do camisa 10 no meio-campo tricolor é o veterano Nenê. Aos 38 anos, o meia contratado em julho, pode ter nova chance de ser protagonista na função de principal articulador das jogadas do time comandado pelo técnico Marcão e ajudar o clube a afastar de vez a ameaça de rebaixamento.

Após a derrota para o Ceará, pela 29ª rodada, Marcão se convenceu de que os medalhões do time, Ganso e Nenê, dificilmente podiam jogar juntos. A partir de então, o meia de 38 anos, foi barrado para a entrada de Yuri. O volante deu a estabilidade pretendida pelo treinador no sistema defensivo do Fluminense, jogando ao lado de Allan. Com a dupla de marcadores à frente da zaga, o Flu passou a jogar de forma mais equilibrada, sem perder a essência, de buscar o ataque com toque de bola.

A nova formação, sem Nenê, deu mais liberdade para Paulo Henrique Ganso, que passou a jogar praticamente como um atacante, perto da área e com menos atribuições defensivas. Com isso, o Tricolor ganhou muito na marcação e, ao mesmo tempo, conseguiu ditar o ritmo das partidas, com o domínio da posse de bola.

Se confirmado como titular, Nenê terá o desafio de manter o esquema pensado por Marcão funcionando. Na última vez que o Fluminense começou com ele e sem Ganso, foi na derrota por 2 a 1 para o Internacional, pela 32ª rodada. O veterano, no entanto, não conseguiu atender às expectativas e teve uma atuação apagada. 
Contratado em julho para compensar a saída de Luciano, Nenê fez 24 jogos pelo Tricolor, entre Brasileirão e Sul-Americana. Ao todo, soma nove vitórias, nove derrotas e seis empates, com três gols anotados. O jogador tem números positivos quando se trata de precisão nos passes, com 91% de acertos e duas assistências, mas deixa a desejar no índice de finalizações certeiras, com apenas 26.5% de acertos.

Com contrato até dezembro de 2020, Nenê se mostra focado em terminar o ano bem, sem sustos para o Fluminense. E a próxima chance de mostrar serviço pode ser contra o Avaí.