• Siga o Meia-Hora nas redes!

A BARATA

Ivalda Rocha, de 37 anos, casou-se com Rosauro Rocha, de 32, e, após a celebração, eles seguiram para um motel na Bahia para a noite de núpcias. No local, a noiva foi para a hidromassagem e, quando ela estava esperando pelo marido, avistou duas baratas subindo pela parede. Desesperada, ela gritou por Rosauro, pedindo que ele matasse as baratas. Nesse momento, o homem também teve uma crise nervosa e se recusou a matá-las. Apavorado, ele saiu do quarto, abandonando a companheira.

Na confusão, os funcionários do motel acabaram matando os insetos. Revoltada com o marido que tinha medo de barata, Ivalda chamou o companheiro de boiola e partiu pra cima de Rosauro. Em seguida, os dois entraram em luta corporal. Na briga, a mulher pegou um abajur e acertou na cabeça do marido. A polícia chegou e levou os dois para a delegacia, onde cada um foi autuado por agressão. Decepcionada, Ivalda revelou que vai entrar com pedido de anulação do casamento. Socorro, Pedro Augusto. Quanta sacanagem, quanta violência, meu Deus!!!!

Comentários

Mais notícias