• Siga o Meia-Hora nas redes!

Cúmplice na morte de civil roda

Thiago Neves Oliveira é acusado de pilotar moto no assassinato de Paquetá

Thiago pilotava a moto no crime
Thiago pilotava a moto no crime - Divulgação

Policiais da Delegacia de Homicídios (DH) da Capital prenderam Thiago Neves Oliveira, acusado de ter sido um dos responsáveis pela morte do policial civil Eduardo Freire Pinto Guedes Filho, conhecido como Paquetá. O crime aconteceu no dia 27 de junho.

De acordo com a Polícia Civil, Thiago estaria pilotando a moto utilizada no crime e teria deixado Darly Rodrigues da Silva apontado como o autor do disparo próximo ao local. Thiago teria dado fuga ao criminoso.

Durante depoimento prestado na DH-Capital, o suspeito confessou sua participação no crime. Contra ele havia mandado de prisão temporária.

Oliveira é o segundo suspeito a ser preso pela morte de Paquetá. No dia 29 de junho, Aleksander Rodrigues, apontado pelas investigações como o responsável por escolher as vítimas, foi preso no Complexo do Lins, na Zona Norte. Com ele, foi apreendida a moto usada no crime. Aleksander estaria em um automóvel dando cobertura aos outros dois suspeitos no assassinato de Paquetá.

O policial civil chegava em sua residência, quando foi abordado por Darly, que, portando uma arma de fogo e fazendo ameaças, mandou que ele entregasse um cordão de ouro usado por ele. O policial não reagiu, mas mesmo assim, o criminoso disparou diversas vezes contra ele.

Comentários

Mais notícias