• Siga o Meia-Hora nas redes!

Versão diferente intriga investigadores

A versão da Polícia Militar sobre um carro que surpreendeu os policiais difere do depoimento dos outros dois PMs à Polícia Civil, de acordo com Cassiano Ponte, do núcleo de investigação de mortes de policiais. "Em nenhum momento os outros dois policiais, que não foram baleados, disseram que havia um carro. Eles estavam em patrulhamento na Avenida Brasil, por volta de 1h, quando viram a moto e os dois homens. Quando ligaram o giroflex, antes mesmo de darem ordem de parada, os criminosos atiraram, e os policiais revidaram", contou.

O corpo do policial foi enterrado no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na tarde de ontem. O soldado da PM era casado e não tinha filhos. Ele estava há quatro anos na corporação.

Comentários

Mais notícias