Mais Lidas

Após incêndio em mercado no Jacaré, dois corpos são encontrados carbonizados

As vítimas seriam funcionários e foram localizados pelo Corpo de Bombeiros durante o trabalho de rescaldo realizado pelos militares. Supermercado Campeão havia dito que não tinha vítimas no incêndio

Incêndio atingiu mercado no Jacaré
Incêndio atingiu mercado no Jacaré -

Dois corpos foram encontrados dentro do supermercado Campeão, no Jacaré, na Zona Norte, que sofreu um incêndio na tarde desta segunda-feira. Eles, que ainda não foram identificados, seriam funcionários e foram localizados pelo Corpo de Bombeiros durante o trabalho de rescaldo realizado pelos militares. Ontem, o estabelecimento disse não haver vítimas. 

Familiares de José Moura da Silva e Natalino Jesus estão no Instituto Médico Legal (IML), no Centro, para tentar fazer a identificação dos corpos que foram retirados do estabelecimento. A identidade só será reconhecida por meio de exame de DNA, que demora cerca de seis meses para ficar pronto, ou pela arcada dentária, já que eles estavam carbonizados.

O DIA conversou com familiares das duas possíveis vítimas do incêndio. De acordo com o filho de José, Lucas Moura da Silva, o pai saía do mercado por volta das 19h30. Como ele era diabético, a família ficou preocupada com a demora e procurou informações na UPA de Engenho de Dentro e na SuperVia, sem sucesso. Mais tarde, funcionários do mercado ligaram para avisá-los que José poderia ser uma das vítimas encontradas no estabelecimento.

Já Juliana Silva de Jesus, filha de Natalino, diz que ele costumava sair do mercado e ir direto para o bar que ele era proprietário, perto de casa, onde ficava até o início da madrugada. No entanto, estranhou quando funcionários ligaram informando sobre o incêndio e que o pai dela possivelmente era uma das vítimas.

Os familiares afirmaram não estar recebendo o auxílio necessário do mercado. As informações iniciais recebidas pelos parentes é de que o estabelecimento só arcaria com as despesas do sepultamento. No IML, nenhum representante estava prestando assistência aos familiares.

Natalino Jesus trabalhava há cerca de três anos no local e José Moura da Silva trabalhava há 15 anos.

Em nota, o supermercado Campeão, da Rede Uno, disse no mesmo dia do incêndio que "está apurando com a perícia as causas do incêndio, que parece ter tido início no gerador". No mesmo texto, eles informam não haver vítimas.

"O incêndio atingiu apenas parte do depósito e foi rapidamente contido pelo Corpo de Bombeiros, que chegou em menos de 10 minutos. A equipe do supermercado também agiu rapidamente, tomando todas as providências, retirando as pessoas da loja. Não houve vítimas e as pessoas que estavam na loja, foram prontamente atendidas pela ambulância, que chegou ao local. A defesa civil esteve no local e acredita-se que amanhã a causa do incêndio possa já estar esclarecida", concluiu.

De acordo com a Polícia Civil, a 25ª DP (Engenho Novo) instaurou um inquérito policial para apurar as responsabilidades do incêndio. Ela confirmou os dois óbitos e que os os corpos foram encaminhados para o IML. Uma perícia foi realizada no local e eles aguardam o resultado do laudo.

Procurada novamente nesta terça-feira, a rede de supermercados ainda não se posicionou.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os corpos foram encontrados após o trabalho de rescaldo das chamas. O incêndio começou por volta das 16h45 e militares do Quartel de Benfica, com apoio de Vila Isabel, Tijuca e Penha. Outras pessoas foram socorridas, atendidas e liberadas no local. 

* Colaborou também a estagiária Ana Mello

Incêndio atingiu mercado no Jacaré Reprodução
Incêndio atinge mercado no Jacaré Reprodução