Mais Lidas

Bolsonaro concede passaporte diplomático a Edir Macedo e esposa

Fundador da Igreja Universal ganhou o documento em 2006, durante o governo Lula. O passaporte vinha sendo renovado até ser suspenso, durante o governo Temer, em 2016

Edir Macedo e Bolsonaro
Edir Macedo e Bolsonaro -

Brasília - O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, concedeu passaporte diplomático para o bispo Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus e dono da Record TV, e sua esposa Eunice Rangel Bezerra. O documento tem validade de três anos. A concessão foi publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial da União.

O governo entende que ao portar passaporte diplomático, seu titular poderá desempenhar de maneira mais eficiente suas atividades em prol das comunidades brasileiras no exterior.

O religioso ganhou o documento em 2006, durante o governo Lula. O passaporte foi renovado pela ex-presidente Dilma, em 2011, e suspenso no governo Temer, em 2016. Na ocasião, o Itamaraty entendeu que a emissão de passaportes diplomáticos para líderes religiosos contrariava a laicidade do Estado brasileiro.

 

Governo concede passaporte diplomático a Edir Macedo e esposa - Reprodução

Edir Macedo e Bolsonaro Facebook/Reprodução/Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Governo concede passaporte diplomático a Edir Macedo e esposa Reprodução