Mais Lidas

Mãe anuncia venda de recém-nascido por R$ 2 mil e oferece filha de 4 anos como brinde

Anúncio foi publicado na internet no dia 22 de novembro e o Departamento de Polícia da Flórida deu início às investigações no mesmo dia

Bebê
Bebê -

Um anúncio suspeito sobre a venda de um bebê no site Craigslist está sendo investigado por agentes de Miami, nos Estados Unidos. O recém-nascido era vendido por UR$ 500, o equivalente a R$ 2 mil aproximadamente. Uma criança de 4 anos de idade iria de brinde para quem realizasse a compra.

"Bebê é de duas semanas de idade. Ele dorme, não faz barulho a noite. Fórmula e roupas também serão inclusas. Além de uma irmãzinha de 4 anos, de graça", dizia o anúncio. A veracidade da publicação está sendo checada pelos investigadores.

O anúncio foi publicado na internet no dia 22 de novembro e o Departamento de Polícia da Flórida deu início às investigações no mesmo dia.

Em outro trecho da publicação, a mãe disse que viva em um bairro tranquilo e influente. "Trabalho para o Departamento de Crianças e Famílias e não quero ser julgada por não querer essas crianças", justificou.

"Fábrica de bebês"

Um grupo composto por 19 meninas era usado como "fábrica de bebês" em Lagos, na Nigéria. As jovens engravidavam para dar à luz, amamentar e depois ter de entregar os filhos para que as crianças fossem vendidas à força. O valor de até 5 mil reais era dado para cada recém-nascido. 

Todas as meninas foram sequestradas e não participavam do esquema por vontade própria. As jovens eram mantidas em cativeiro e estupradas. A maior parte das vítimas era atraída por falsas promessas de emprego.

“Meu telefone e todo o meu dinheiro foram tirados de mim. Recebi um celular simples, um que não era Smartphone. Eu não podia sair de casa nem para procurar ajuda médica“, disse outra. As meninas e os bebês foram encaminhados para um abrigo. As "fábricas" estão concentradas nos países mais pobres da África, segundo a BBC.