Mais Lidas

Evo Morales está de olho nas eleições da Bolívia

Na última sexta-feira, 3, o vice-presidente do Supremo Tribunal Eleitoral da Bolívia oficializou a data das novas eleições no país, no primeiro domingo de maio

Evo Morales
Evo Morales -
Rio - O ex-presidente da Bolívia, Evo Morales, tuitou na manhã deste sábado que vai se reunir com lideranças do seu partido político, o Movimento para o Socialismo (MAS-IPSP), para discutir estratégias para as novas eleições gerais da Bolívia, marcadas para o primeiro domingo de maio.

"Hoje faremos uma reunião com os líderes de bancada e alguns parlamentares de nosso partido político rumo às eleições nacionais", escreveu Morales. "Com a força e a unidade do povo derrotaremos os golpitas. Voltaremos e venceremos!", completou.

Na última sexta-feira, 3, o vice-presidente do Supremo Tribunal Eleitoral da Bolívia oficializou a data das novas eleições no país. Se houver um segundo turno, o corpo diretivo eleitoral terá 45 dias para realizar o pleito a partir da primeira votação

A eleição de outubro foi anulada devido a acusações de fraude que causaram uma crise política social e levaram à renúncia do ex-presidente Evo Morales. Após a saída de Morales, Jeanine Áñez assumiu a presidência interina com a diretiva de convocar novas eleições.