Mais Lidas

Confrontos na Síria deixam 70 mortos

Combates foram entre tropas do regime e forças dominadas por jihadistas

Confrontos deixaram 70 mortos
Confrontos deixaram 70 mortos -
Pelo menos 70 combatentes morreram neste sábado em confrontos entre as tropas do regime e as forças dominadas pelos jihadistas no noroeste da Síria, onde o poder recupera localidades pouco a pouco.

A maior parte da província de Idlib e de zonas das províncias vizinhas de Aleppo, Hama e Latakia são dominadas pelo grupo jihadista Hayat Tahrir al Sham (HTS, a antigo braço sírio da Al-Qaeda) e continuam escapando do controle do regime de Bashar al Assad, oito anos após o início da guerra. Nessas regiões, também estão presentes vários grupos rebeldes.

Nos combates deste sábado no norte de Hama, o sul de Idlib e na região de Latakia morreram 32 combatentes do regime e 38 rebeldes e jihadistas, indicou o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

Esses confrontos acontecem enquanto forças do regime continuavam avançando na fronteira entre as províncias de Hama e Idlib, com o objetivo de recuperar Kafr Zita, uma das grandes cidades do norte de Hama, e a localidade vizinha de Latamneh, acrescentou o OSDH.

As forças favoráveis a Damasco também avançaram para a localidade de Al Hbeit, na província de Idlib, informou o OSDH, e tentam cercar Jan Sheijun, perto ali, depois de terem recuperado nos últimos dias várias cidades e povoados dos arredores do poder de jihadistas e rebeldes.