Mais Lidas

Mulher planeja casamento com assassino em série que está em corredor de morte

'Ele é muito sensível e inteligente', defende a noiva

Nikko Jenkins
Nikko Jenkins -
Nikko Jenkins é um famoso assassino em série que aterrorizou Nebraska, em 2013, por matar quatro pessoas. Mas a história não pareceu assustar Dawn Arguello, de 35 anos, que anunciou o casamento com Jenkins, enquanto ele está no corredor da morte.

Nikko é conhecido da imprensa intencional pelo seu comportamento na prisão, ele chegou a cortar o próprio pênis para tentar reivindicar insanidade e cortou a língua para se parecer com uma cobra, além de tatuar 666 na cabeça. "Fiquei muito chateada por ele ter feito isso", disse ela. "Ele não precisa se auto-mutilar assim", disse ela.

Para o site "World-Herald", Dawn deixou claro que não aprova a maneira como o futuro marido é tratado pela imprensa. "Se você acredita na mídia ele é o homem mais odiado em Nebraska, além de Charles Starkweather (um serial killer de 1950 que matou 11 pessoas)", explicou. "Ele não é o que a mídia o fez parecer. Ele é um enigma, tem sentimentos. Ele é muito sensível e inteligente", acrescentou.

Os noivos se conheceram enquanto ela trabalhava em uma fundação sem fins lucrativos que luta pelos direitos dos presos no corredor da morte e suas famílias. A defesa de Nikko argumenta que ele é psicótico e por isso deveria ter uma redução de pena, mas a justiça decidiu que ele tinha discernimento quando matou suas vítimas, 11 dias após ter sido liberado da prisão onde passou 10 anos por roubo de carro.

Os promotores argumentaram que Jenkins planejou os assassinatos para encobrir assaltos às vítimas ou impedir que eles o identificassem. "Cada um desses assassinatos foi um ato planejado e deliberado", disse o juiz do condado de Douglas, Peter Bataillon.

O preso insistiu que o deus da serpente egípcia havia lhe dito para fazer "sacrifícios humanos", mas psiquiatras estudais que testemunharam várias vezes durante o caso, afirmaram que ele estava fingindo psicose.