Mais Lidas

Queiroz fala do R$ 1,2 mi

Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ), falou em público pela primeira vez sobre as movimentações atípicas de R$ 1,2 milhão em sua conta, apontadas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e que levantaram uma crise em torno do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), pai de Flávio. Em entrevista ao SBT, Queiroz atribuiu o dinheiro a seus negócios com venda de carros. "Sou um cara de negócios. Eu faço dinheiro", disse o ex-assessor.