Mais Lidas

Comeu chocolates demais? Veja o que fazer no pós 'pé na jaca'

Atleta fitness e personal chef dá dicas para se recuperar pós-Páscoa

Atleta fitness e personal chef, Patrícia Mello ensina o que fazer no pós 'pé na jaca'
Atleta fitness e personal chef, Patrícia Mello ensina o que fazer no pós 'pé na jaca' -

A Páscoa passou e quem nunca deu aquela 'jacada monstra' que atire o primeiro ovo de Páscoa. Se é que sobrou algum! Mas nem tudo está perdido. A palavra de ordem não é se privar de momentos que não tem a ver somente com comer um chocolate, especialmente na Páscoa, que está repleta de significados, sejam religiosos ou não.

Para ajudar aqueles que estão arrependidos por ter extrapolado, a atleta fitness e personal chef Patrícia Mello pondera que tudo é uma questão de hábitos.

"Sem duvida, manter uma rotina de atividade física regular é imprescindível para obter resultados diante do espelho, e logicamente, isso passa pela cozinha, principalmente depois de uma 'jacada'. Não existe exercício físico capaz de transformar você da noite para o dia sem regularidade e alicerces de uma alimentação adequada para seu biotipo, objetivo, estilo de vida etc".

Segundo ela, não adianta se martirizar e ,sim, correr atrás do prejuízo com atitudes: "O importante é que você comeu seus chocolates, matou a vontade, confraternizou. Em outras palavras, você nutriu sua alma. Agora, livre-se da culpa e vamos correr atrás do prejuízo", comenta.

Para ajudar você a ficar em forma no 'pós páscoa', Patrícia traz algumas dicas para voltar ao eixo e conquistar boa forma e saúde:

1. Iniciante: se você está neste grupo, ainda está na fase de adaptação, aprendendo a executar os movimentos de forma correta. Minha sugestão é turbinar esta semana pós-Páscoa com um Programa de Treinamento Funcional, com a orientação de um profissional de educação física.

2. Intermediário: para você que já passou da fase de adaptação e é frequentador regular com pelo menos 4 dias de atividade física na semana, a sugestão é aumentar a intensidade e isso vai depender do tipo treinamento que você esta fazendo hoje. Por exemplo:

Se você faz Treinamento Resistido com Pesos, nesta semana você poderia adicionar o Treinamento Aeróbio pós-treino com intensidade moderada.

Se você é amante do Treinamento Aeróbio e comeu uns ovinhos a mais, a dica é fazer a semana toda de Treinamento Funcional e manter sua rotina de Treinamento Aeróbio para finalizar. Logicamente, se você costuma fazer de 45 a 60 minutos ou mais, reduza para o mínimo de 30 e máximo de 45 minutos.

Agora para você que é da "pegada" dos Treinamentos Funcional ou Circuito, a dica é inverter. Se faz funcional, experimente fazer por esta semana o treinamento em circuito. Você vai sentir seu corpo mais fadigado e, consequentemente, o gasto calórico será enfatizado. Logo em seguida, escolha a opção de cardio que melhor lhe convier e encare este desafio por 30 minutos.

3. Avançado: para você que é frequentador assíduo, você é da hashtag #noexcuses. Minha sugestão é combinar estilos. Você já experimentou fazer Treinamento Funcional com carga? Treinamento em circuito para um único ou no máximo 2 grupos musculares? Treinamento em circuito apenas com exercícios aeróbios pós sua rotina? Tente. Você pode se surpreender.

Seguem alguns conceitos de treinamento que você pode experimentar:

Treinamento Funcional: trabalha vários grupos musculares numa mesma sessão. Ou seja, neste tipo não é prioridade o treinamento de músculos isolados.

Treinamento em Circuito: promove maior gasto calórico se comparado ao treinamento de força tradicional (pós-exercício).

Treinamento Resistido com pesos: promove o aumento da força, aumento de massa magra, consequentemente aumento da taxa metabólica basal, o que facilitaria a oxidação das gorduras em presença de restrição energética.

Treinamento Aeróbio: é inegável os benefícios trazidos com este tipo de treinamento. Porém, vale lembrar que este método não impede a perda de massa magra.

Patrícia Mello, no entanto, adverte: "Não tenho formulas mágicas nem verdades absolutas. Logo, minha contribuição aqui não é a prescrição em massa de rotina de treinamento e, sim, algumas sugestões de exercícios. O ideal é que cada um procure um profissional da área para auxiliar de perto. Lembrando que manter uma dieta balanceada adequada para as necessidades individuais é imprescindível para obter os resultados desejados", conclui.

Atleta fitness e personal chef, Patrícia Mello ensina o que fazer no pós 'pé na jaca' REPRODUÇÃO
Atleta fitness e personal chef, Patrícia Mello ensina o que fazer no pós 'pé na jaca' MF Press Global / Divulgação
Atleta fitness e personal chef, Patrícia Mello ensina o que fazer no pós 'pé na jaca' MF Press Global / Divulgação
Atleta fitness e personal chef, Patrícia Mello ensina o que fazer no pós 'pé na jaca' MF Press Global / Divulgação

Comentários