Mais Lidas

Rio desperta para o ioga

Evento em parceria com o MEIA HORA, que ocorrerá no dia 4 de novembro na Cidade das Artes, na Barra, busca oferecer ao público um primeiro contato com esse tipo de meditação

-

O exercício de ioga, que chegou ao país na década de 1940, hoje tem mais de 30 linhas diferentes da prática no território brasileiro. Mas poucos conhecem os benefícios que esse tipo de meditação pode trazer para corpo e mente de quem pratica. Esse será o assunto do Rio Desperta, evento em parceria com o MEIA HORA que ocorrerá no dia 4 de novembro na Cidade das Artes, na Barra. Além de ensinar práticas de meditação, o encontro terá palestras, apresentações musicais e encontro literário.

De acordo com o organizador Telmo Maia, a ideia de criar o encontro surgiu da vontade de oferecer para as pessoas um primeiro contato com a meditação. "Percebemos uma oportunidade de disponibilizar um serviço como esse para a sociedade, para elas terem uma primeira experiência com a prática da meditação. E, quem sabe, fazer dela uma atividade sólida no dia a dia".

Há quatro anos, a coordenadora de treinamento Carina Ducos, de 36 anos, começou a fazer o exercício para ajudar a trabalhar flexibilidade e força. "Encontrei mais que um exercício, encontrei uma filosofia. A prática nos faz olhar para forma que cuidamos de nós e nos faz conectar com nosso corpo através do exercício e da meditação".

BENEFÍCIOS

O exercício tem três grandes efeitos que podem ajudar o praticante: aumento da concentração, diminuição do nível de estresse de todo o metabolismo e geração do hormônio do bem-estar, a serotonina, que traz mais calma e tranquilidade.

Segundo Maia, a prática do ioga e de outros exercícios que trabalham o corpo e a mente podem ajudar na vida cotidiana. "A gente vive em um nível de estresse muito grande, seja pela violência ou pelo conflito político. Diante disso, a prática pode auxiliar no alívio de estresse e na agitação do dia a dia", explica.