Mais Lidas

LIVRE DA DOR

Criada nos Estados Unidos, Quiropraxia é uma das técnicas mais eficientes contra os problemas da coluna vertebral

Dor
Dor -

Embora o Brasil lidere a oferta de modalidades integrativas na saúde pública, algumas práticas ainda são desconhecidas pela maioria da população. Uma delas é a Quiropraxia, método que desde o ano passado, integra a lista de tratamentos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A técnica consiste no diagnóstico, tratamento e prevenção de problemas no sistema neuro-músculo-esquelético (coluna vertebral) e foi criada nos Estados Unidos, em 1895.

Reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a quiropraxia se dedica a prevenção, diagnóstico e tratamento de distúrbios biomecânicos. Ou seja, ossos, músculos, ligamentos, nervos e articulações. No entanto, o ponto principal de atuação é a coluna vertebral. Como explica o quiropraxista Diogo Fontoura. "A técnica ajuda a corrigir a postura e trabalha no alongamento da musculatura. São manobras rápidas e precisas, que alinham todo o corpo", afirma o especialista.

AFASTAMENTO DO TRABALHO

Uma pesquisa do Ministério do Trabalho divulgada em 2017, mostra que as dores nas costas são a quinta maior causa de afastamento no trabalho por mais de 15 dias no país, atrás apenas de casos de fraturas. No ano passado, foram 12 mil casos de dorsalgia, representando 6% de um total de quase 200 mil afastamentos.

De acordo com Fontoura, embora a melhora possa ser notada rapidamente, é recomendado que o tratamento seja contínuo. "A técnica pode ser aplicada em diversos casos, como hérnia de disco, escoliose e até mesmo enxaqueca. Porém, o acompanhamento do profissional deve ser frequente", diz.

PESQUISA COM MILITARES

Um estudo do Jama Network Open (EUA), realizou uma análise focada em militares americanos entre 2012 e 2016. Descobriu-se que aqueles que usaram o tratamento, juntamente com os cuidados médicos tradicionais, tiveram melhores resultados de alívio da dor do que aqueles que apenas procuraram atendimento médico tradicional.w

Os pacientes foram colocados em dois grupos. Enquanto os cuidados tradicionais poderiam incluir medicação, a quiropraxia incluía ajustes de manipulação da coluna vertebral, juntamente com terapias manuais, como gelo, calor, crioterapia e exercícios de reabilitação. Após seis semanas, aqueles que receberam os dois tipos de cuidados relataram melhorias na intensidade da dor e incapacidade em comparação com aqueles que receberam apenas cuidados tradicionais.